Prioridade em eletrodomésticos depende da classe social

Estudo elaborado pela Nielsen indica que micro-ondas, por exemplo, tem maior penetração na classe AB do que na DE. Geladeira já está presente de forma quase prioritária

A prioridade da compra de eletrodomésticos está totalmente relacionada à classe social dos brasileiros. A conclusão é parte do estudo “O mercado de eletrodomésticos”, elaborado pela Nielsen e divulgado nesta semana. Segundo a pesquisa, o micro-ondas, por exemplo, é o aparelho com maior diferenciação entre os grupos. Enquanto na classe AB a penetração é de quase 60%, na C é menor que 50% e na DE cai para menos de 25%.

O tanquinho apresenta uma penetração inversa. Na classe AB sua penetração é inferior a 25%, na C pouco mais de 25% e na DE de quase 50%. A geladeira é o único eletrodoméstico que mantém um índice parecido entre os grupos, sendo o DE o de menor penetração, abaixo de 100%.

Com o objetivo de medir a presença de 17 categorias de bens duráveis e suas segmentações, tempo de base instalada e interesse de troca, a pesquisa da Nielsen também indicou que apenas 24% dos principais eletrodomésticos, representados por geladeira, fogão, lavadora de roupa, micro-ondas e outros, estão presentes em mais da metade dos lares brasileiros.

Quando considerado o Top 5, onde entram geladeiras, fogões, lavadoras de roupas, micro-ondas e tanquinho, 30% dos lares no Brasil possuem apenas um ou dois dos itens. O estudo da Nielsen aponta que os demais 70% ainda poderão ter o potencial desenvolvido nestas categorias.

Fonte: Exame

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s