Fusões e aquisições continuam sendo aposta das empresas nacionais

Pesquisa aponta que 40% dos executivos brasileiros investem na estratégia e 94% acreditam em negócios domésticos. Percentuais estão acima da média global

Para os próximos três anos, 40% dos executivos brasileiros planejam fusões e aquisições e 94% apostam em negócios domésticos. Os dados são do International Business Report (IBR) 2012, da Grant Thornton. A pesquisa foi realizada com 11,5 mil empresas de 40economias e mostrou que o percentual no país está acima da média global, que é de 34%.

Entre as principais razões apontadas para a realização  dessas transações estão a aquisição de novas tecnologias ou de marcas já estabelecidas e o acesso geográfico a novos mercados (ambos com 58%), seguidos pela intenção de acessar operações de menor custo (46%). Além disso, 56% dos entrevistados disseram não acreditar em uma troca de controle nas empresas nos próximos três anos. Para 31% dos empresários locais, os compradores devem ser investidores.

Segundo o estudo, a região onde há maior pretensão de transações é a América Latina (43%), seguida pelos países da Ásia-Pacífico (31%). Na Zona do Euro o percentual é de 25%.
Entre os países que mais esperam realizar fusões e aquisições estão Geórgia (66%), Peru (59%), Holanda (56%), Chile (54%), Filipinas (52%) e México (48%).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s