V Congresso exalta ícones da comunicação

Johnny Saad (presidente do Grupo Bandeirantes), Julio Ribeiro (sócio-presidente da Talent) e Octávio Florisbal (diretor-geral da Rede Globo), além da DPZ e da ESPM, foram os homenageados

Um dos momentos mais emocionantes do V Congresso da Indústria da Comunicação foi a entrega do prêmio Ícones da Comunicação, realizado pela Associação brasileira das Agências de Propaganda (Abap). A homenagem é prestada pela associação aos nomes que mais contribuem para o mercado no País. Este ano foram contemplados com o troféu Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, Júlio Ribeiro, sócio-presidente da Talent, e Octávio Florisbal, diretor-geral da Rede Globo. DPZ e da ESPM também foram homenageadas.

Saad recebeu o troféu das mãos de Roberto Irineu Marinho. No discurso, agradeceu à família, os funcionários do grupo e ressaltou: “temos prazer de ser um grupo independente, que não está ligado a nenhum partido político e nenhuma igreja”, alfinetando a Rede Record. Dalton Pastore entregou a homenagem à Ribeiro, escolhido por sua indiscutível contribuição ao mercado publicitário no País. “A vida é feita de momentos de inspiração e nesse momento a gente nem sabe o tamanho que isso pode ter no futuro”, afirmou, lembrando a criação da Talent. Florisbal, por sua vez, teve o prazer de receber o prêmio das mãos de Altino João de Barros. “Sejamos os protagonistas do futuro”, exclamou o executivo da Rede Globo.

O sempre divertido Duailibi recebeu a homenagem especial para a DPZ das mãos de Alex Periscinoto, e brincou duas vezes no palco. “Uma vez Adoniram Barbosa foi receber um prêmio e disse que preferia a parte dele em dinheiro. Poderia repetir o que ele disse, mas depois da venda (da agência para o grupo Publicis) não preciso mais me preocupar com isso”, fazendo a plateia cair na risada. “A grande virtude da propaganda é fazer amigos – para nós, para as marcas e para os produtos”, ensinou. Por fim, Luiz Salles entregou a placa especial a José Roberto Whitaker Penteado, presidente da ESPM, que completou 60 anos em 2011. “A nossa instituição é do mercado. É a maior realização da indústria da comunicação”, reforçou.

Esta foi a terceira edição do prêmio. Na primeira, em 2009, João Roberto Marinho, Roberto Civita e Rui Mesquita Neto foram os escolhidos. Em 2011, Antônio Augusto Amaral de Carvalho, o Tuta, também foi agraciado com o troféu.

Confira matéria da TV Meio & Mensagem:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s