Marvel gera US$ 6 bi em licenciamento

O mais recente filme da Disney, “Os Vingadores”, é uma verdadeira máquina de produtos que vão de fragrâncias a cartões-chave de hotel

Qual é o perfume do Incrível Hulk? Talvez seja algo que combine sândalo indiano, musk e cedro. “É uma fragrância da terra”, afirma o diretor executivo da JADS International, Andrew Levine, que fechou contrato para produzir uma linha de perfumes “Avengers” (o nome original do filme “Os Vingadores”). Dentro dessa linha, está “Smash”, o perfume baseado no Incrível Hulk. “Você tem que imitar o personagem”, afirma Levine.

Assim como a JADS, dezenas de empresas se ligam aos “Vingadores”, criação original da Marvel que se transformou no filme de ação dos estúdios Walt Disney. A Marvel foi adquirida pela Disney em 2009. E exatamente por ter o Capitão América como protagonista de uma ação que se passa nos EUA durante a Segunda Guerra Mundial, é inusitado que “Os Vingadores” atraiam a atenção de empresas interessadas em fazer licenciamentos ou acordos de patrocínio que extrapolam o mundo dos brinquedos e vão a hotéis, perfumes e carros de luxo.

A busca por receitas além do fluxo de caixa tem sido uma das grandes estratégias da Disney. A Marvel gerou US$ 6 bilhões em vendas de produtos de varejo no ano passado, segundo a revista Licence Global. A divisão de produtos de consumo gerou lucro operacional de US$ 816 milhões no ano passado, mais do que os US$ 618 milhões gerados pelo negócio original da empresa, que é o seu estúdio de cinema.

“O super-herói transcende idade, sexo e etnia”, afirma o diretor de marketing Robin Korman da rede hoteleira Wyndham Worldwide, que oferece ingressos de “Avengers” para os hóspedes. “É realmente um dos gêneros que é universalmente aceito.”

O filme apresenta carros da Acura, divisão de luxo da Honda Motor, que inclui versões adaptadas do modelo SUV MDX (cujos preços de entrada começam em US$ 43 mil) e o carro conceito NSX, dirigido pelo Homem de Ferro Robert Downey Jr. Também inclui a moto Slim, da Harley-Davidson (US$ 15.5 mil), que é veículo de passeio do Capitão América, interpretado por Chris Evans.

A rede Wyndham fez cartões-chave de apartamentos de hotel colecionáveis e encomendou 400 mil exemplares de uma revista em quadrinhos da Marvel para distribuir gratuitamente em suas propriedades. Nessa edição especial, os personagens dos “Vingadores”, como o Homem de Ferro e a Viúva Negra, desfrutam regalias do programa de fidelização do hotel, tais como salas e acesso à internet e Hulk faz academia em um centro de fitness da rede. “Mas, por favor, não exploda qualquer um dos nossos hotéis”, pediu o executivo da rede aos ilustradores da Marvel.

Público

Os fãs de “Avengers”, em geral, são homens de 35 anos e mais velhos, com renda familiar média que ultrapassa os US $ 75 mil e são clientes alvo da Harley, diz o diretor de comunicação e marketing da empresa, Dino Bernacchi. “Eles (os personagens de Avengers) têm uma base de fãs famintos por ver esse conceito vir à tona”, acredita Bernacchi. E acrescenta: “São 22% mais propensos a comprar uma motocicleta.”

As vendas de brinquedos relacionados a filmes, gadgets e vestuário podem ultrapassar as receitas do filme, previu o diretor financeiro da Disney, Jay Rasulo, no ano passado. A empresa, que não quis dar declarações, deve divulgar os resultados do segundo trimestre no próximo dia 8.

Mais produtos da Marvel, relacionados a brinquedos como martelos de Thor e punhos de Hulk, devem gerar US$ 400 milhões em receita este ano pela licenciada Hasbro, de acordo com a analista da Stifel Nicolaus, Drew Crum. “Esperamos que a Disney ofereça a franquia Marvel de forma ainda mais agressiva nos mercados internacionais”, reportou Crum em um relatório divulgado no final de abril.

“Os Vingadores” é o primeiro filme da Disney comercializado com personagens da Marvel desde a compra da empresa por US $ 4,2 bilhões em 2009. O filme quebrou recordes de caixa internacionais e arrecadou mais de US$ 280 mil no exterior desde o dia 2 deste mês. Isso poderá ajudar a Disney esquecer o fiasco do seu último grande lançamento, o filme “John Carter”.

Levine, o fabricante de fragrâncias, disse que a resposta foi “fenomenal” para sua linha de perfumes “Avengers”, revendidos a US $ 29,99 o frasco para consumidores de 16 anos e mais velhos. “É tudo sobre como ser um herói”, filosofa. “As pessoas querem ser parte de algo bom”.

Do Advertising Age.

Fonte: M&M
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s