China terá escolas de futebol do Corinthians

Depois de apresentar o meia Chen Zhizhao, clube pretende intensificar intercâmbio técnico com abertura de escolas de futebol no país asiático

O Corinthians mais uma vez ocupou as capas dos jornais mesmo sem ter comemorado um título. Depois das contratações de Ronaldo, Roberto Carlos e Adriano, a “estrela” em destaque de veículos brasileiros, chineses e norte-americanos agora é o chinês Chen Zhizhao – nem tanto pelo seu futebol, mas mais pelo o que ele pode corresponder para os cifrões na caixa do time alvinegro.

É evidente que o atleta dificilmente vai disputar posição com jogadores como Alex, Danilo, Liedson e Emerson, titulares do time alvinegro. Mas a contratação do atleta pode significar a entrada do clube no mercado asiático – um dos que mais dá lucros para as potências do futebol mundial, como Barcelona, Real Madrid e Manchester United.

Na apresentação do atleta nesta quinta-feira, 1º, no Parque S. Jorge, o departamento de marketing do clube preparou uma grande festa no anfiteatro do clube – utilizado apenas para as coletivas de imprensa dos pentacampeões Ronaldo e Roberto Carlos. Com a camisa 200, que representa as duas centenas de anos da imigração chinesa ao Brasil, Zizao (como ele deverá ser chamado por aqui), afirmou que a imprensa e a torcida vão se surpreender com seu futebol.

Mas o interesse do time do Parque S. Jorge vai muito além dos cerca de 130 mil chineses que moram atualmente em São Paulo. Segundo fontes ligadas à reportagem de Meio & Mensagem, o vice-presidente do clube Luis Paulo Rosemberg – em cargo que acaba de assumir, depois de atuar durante três anos como diretor de marketing do clube – já tem viagem marcada para a Ásia no mês de abril.

Por lá, o executivo pretende firmar os primeiros passos para o início de um intercâmbio técnico para o desenvolvimento do esporte entre os chineses e o Corinthians. A grande novidade é que o clube pretende abrir escolas de futebol no País, seguindo o sucesso de licenciamento Chute Inicial, que o clube utiliza no Brasil.

Além disso, a esperança é que o clube incremente sua venda de camisas no Exterior – mas, para isso, depende de um acordo com a Nike, que fornece os uniformes do time.

Sugestão do consumidor
A Nike e o clube preparam para abril o lançamento da nova camisa do time. Como o contrato com a Hypermarcas, patrocinadora máster da equipe, não deve ser renovado, a esperança é que o lançamento já apresente a nova marca que deve estampar o uniforme do clube em 2012. Especula-se que a Hyundai poderia ser o novo patrocinador do clube, num contrato que pode alcançar a inimaginável cifra de R$ 60 milhões por ano.

Em 2009, o departamento do clube inovou e lançou uma terceira camisa roxa para a equipe, utilizada em apenas algumas partidas. Outras versões seguiram o caminho, mas sem sucesso. Em 2011, o Corinthians lançou uma camisa grená, que homenageava a equipe italiana do Torino, primeiro time do exterior que o clube enfrentou, em 1914, e que o clube alvinegro havia homenageado em 1949, depois de um acidente que matou toda a delegação do time italiano.

De novo, muito suspende ronda a novidade sobre a terceira camisa. Mas uma turma de alvinegros decidiu dar uma simples sugestão à Nike e criar um novo uniforme, mesclando o símbolo antigo do clube, os recém lançados produtos da empresa com a cor dourada, utilizando o gancho que seria “a primeira camisa criada pelo povo”, em divulgação pelo Facebook e pelo Twitter.

Fonte: M&M

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s