Dispositivos móveis alavancam acesso à internet no Brasil

F/Radar constata que 29,5 milhões de pessoas com mais de 12 anos já se conectam à rede dessa forma

 A F/Nazca S&S apresenta a 10ª edição da F/Radar, pesquisa sobre tendências e comportamento na internet realizada semestralmente, em parceria com o Datafolha. Nesta edição, o levantamento constatou que 29,5 milhões de brasileiros com mais de 12 anos costumam se conectar à rede por meio de dispositivos móveis, sendo que a maior parte deles, 74%, utiliza o celular para tal fim. Desde a última medição, o índice aumentou 7%.

Com isso, os aparelhos móveis empataram tecnicamente em segundo lugar com locais pagos de acesso à rede, como as lan houses – que, até abril de 2010, eram líderes como forma de acesso à internet. Desde então, a principal forma de conexão é a doméstica, utilizada por 43,5 milhões de brasileiros. O incremento na navegação móvel se deu nas classes A, B e C, principalmente entre pessoas de 12 a 34 anos – mesmo público que diminuiu o acesso em lan houses. Também houve, nesse grupo, um crescimento mais acentuado da taxa daqueles que frequentam a internet diariamente.

A pesquisa identificou ainda que 79% dos que se conectam em movimento o fazem por meio de planos pré-pagos de telefonia e que 16% deles, cerca de cinco milhões de pessoas, já fizeram compras usando o recurso. “O potencial de toda e qualquer marca perambular dentro do bolso de milhões de brasileiros saltou rapidamente, entre outros fatores, graças ao recente barateamento da internet móvel pré-paga. Quem quiser se comunicar no mundo virtual vai ter de falar cada vez mais e melhor pelo celular”, projeta José Porto, diretor nacional de planejamento da F/Nazca.

A agência realiza a pesquisa sobre internet desde 2007. No levantamento de agosto de 2011 foram feitas 2,5 mil entrevistas em 152 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, enquanto que para o total de pessoas que acessa a internet, ela sobe para três pontos e, para os que acessam por dispositivos móveis, quatro. Nos três casos, dentro de um nível de confiança de 95%. O desenho da amostra foi elaborado com base em informações do Censo 2010 do IBGE.  A pesquisa pode ser conferida, na íntegra, no site da F/Nazca.

Fonte: Propmark
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s