“Vida Saudável” une medicina e publicidade

Campanha criada voluntariamente pela NBS tem participação das principais entidades médicas e do mercado de comunicação, com apoio do governo federal

 A associação entre as perspectivas econômicas positivas do Brasil e a necessidade de cultivar um estilo de vida saudável para usufruir melhor desses tempos felizes é mote da campanha “Vida Saudável”, lançada nesta sexta-feira, dia 18, pelas principais entidades médicas e do mercado de comunicação, com apoio do governo federal. Desenvolvida voluntariamente pela NBS, a campanha tem como principal peça o filme “Manifesto” – versões de 30 e 60 segundos – com o mote “O Futuro promete. Quero chegar bem lá”. O lançamento contou com a presença do ministro da saúde, Alexandre Padilha e executivos da Bradesco Saúde, FenaSaúde, MSD e Qualicorp, patrocinadoras da ação que terá a veiculação cedida pelos principais veículos de comunicação do País. Na internet, a principal peça de apoio é osite Chegar Bem lá, onde é possível acessarserá videos com dicas de saúde de acordo com peso, altura e idade.

Luiz Lara, presidente da Associação Brasileira das Agências de Publicidade, disse que um dos objetivos da campanha é angariar apoio dos principais anunciantes do País para divulgar o conceito e incentivar a adoção de um estilo de vida mais saudável em suas ações. “Convidamos as empresas a aderir estampando o logo dessa campanha em suas peças publicitárias, catálogos e embalagens”, disse Lara. Ainda no início da manhã, o Grupo Pão de Açúcar e a Camargo Corrêa foram anunciados como as primeiras a aderirem ao movimento. Florentino Cardoso, da Associação Médica Brasileira (AMB), afirmou que o desenvolvimento conceitual da campanha uniu a experiência dos médicos com o tema com a inteligência estratégica do mercado de comunicação. “A prevenção ajuda a reduzir os custos sociais e permitem que os recursos sejam utilizados de forma mais efetiva”, disse Cardoso.

Também endossam o movimento a Associação Brasileira de Propaganda (ABP), Associação Brasileira dos Anunciantes (ABA), Associação dos Profissionais de Propaganda (APP), a Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro) e o Conselho Federal de Medicina (CFM).

Fonte: M&M
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s