Revigorado, MySpace apresenta sua nova cara

O novo vice-presidente da rede social explica os rumos que o site está tomando e dá detalhes da campanha publicitária que sairá em breve

Esqueça o Facebook e o Twitter. Quando o MySpace for relançado neste ano, sob o controle da Specific Media e sob a direção criativa de Justin Timberlake, a ex-rede social da News Corp vai emergir para concorrer com rivais como iTunes, Spotify e Vevo.

Al Dejewski, recentemente indicado como o vice-presidente sênior global de marketing, compara o ciclo de vida do Myspace ao de um jovem adulto que tinha encontrado uma maneira de se expressar pela música, mas que decidiu trabalhar com anúncios e horóscopos.

“Este jovem necessita entrar em uma dieta, limpar o sistema e voltar às suas bases. E a base é a música”, disse Dejewski a AdAge. “Nenhuma outra plataforma online de música pode reivindicar a extensão de parcerias que temos com as quatro grandes gravadoras, além das dezenas de milhões de artistas e acervos independentes de que dispomos”.

O novo posicionamento dom MySpace como um hub musical será apresentado por meio de uma campanha a ser lançada ainda neste ano. Dejewski está trabalhando com duas empresas de branding, que preferiu não nomear. Elas estão ajudando a rede a recrutar celebridades e marcas, que vão da indústria automotivo a bens de consumo e serviços como parceiros que promoverão a nova identidade do MySpace.

Dejewski atuou por cerca de dez anos na PepsiCo e teve passagem pela Turner em Nova York. Ele se encaixou ao perfil de executivo voltado para o consumidor que a Specific Media estava buscando para dar impulso ao seu projeto MySpace 3.0. Outras contratações que a empresa fez recentemente foram Vic Catalfamo (ex-Procter & Gamble) e Jim Knopf (que foi da Warner Bros e da CBS).

“Quando se pensa nos dez primeiros sites listados pela ComScore, todos têm uma plataforma voltado para o consumidor, como YouTube, Yahoo ou Facebook”, comentou Dejewski. “Aí, você pula para o sexto lugar e encontra essa estranha companhia chamada Specific Media que não evoca nenhuma imagem na percepção do consumidor.

A Specific Media percebeu que foi construída uma rede digital bem-sucedida, mas eles não tinham nada realmente para o consumidor. Por isso, buscamos experts nessa área, sejam da P&G, da Warner ou da Pepsi. Dessa forma podemos construir uma plataforma com conteúdo interativo e, mais importante, que a coloque em posição de engajar e atrair usuários para o site”.

O MySpace vem registrando um número menor de usuários nos últimos meses. A rede começou o ano com um total de 73 milhões de visitantes únicos nos Estados Unidos, segundo a ComScore. O site abriu agosto com cerca de metade da base. Portanto, a campanha publicitária que virá foi criada para atrair novos usuários assim como captar mais a atenção das pessoas cadastradas. Isso será feito por meio de um mix de mídias que incluem peças impressas, rádio, digital e também uma comunicação no ponto-de-venda.

“Temos mais de 70 milhões de usuários ativos no mundo. Nos Estados Unidos, a base está entre 30 e 40 milhões agora”, afirmou Dejewski. “Não é um número pequeno. Enquanto perdemos um pouco de nossos usuários para o Facebook, entendemos que plataformas como LinkedIn têm outra proposição. Temos um alcance bastante amplo. Isso podemos capitalizar, não há dúvida”.

Do AdAge.

Fonte: M&M

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s