Google lucra US$ 2,51 bilhões no 2º tri

Faturamento recorde entre abril e junho deste ano chegou a US$ 9,026 bilhões

O Google anunciou, nesta sexta-feira, 15, que lucrou US$ 2,505 bilhões no segundo trimestre de 2011, valor 36,1% superior que o registrado no mesmo período de 2010. O faturamento entre abril e junho últimos foi de US$ 9,026 bilhões (32,3% maior que no mesmo trimestre de 2010) e é considerado “recorde” pelo cofundador e presidente da empresa, Larry Page, segundo comunicado oficial.

As cifras alardeadas pelo grupo foram muito superiores às expectativas do mercado e dissiparam receios quanto à acumulação de gastos da companhia. Resultado: alta de 12,3% nas ações do Google na Bolsa de Valores. A empresa informou ainda que os custos por clique nos anúncios subiram 12% com relação ao mesmo trimestre de 2010, e 6% com relação ao período compreendido entre janeiro e março deste ano.

Enquanto o lado de mídia da gigante surge com outros números vigorosos, com mais de 10 milhões de usuários cadastrados na rede social recém-inaugurada Google+ e mais de 1 bilhão de itens compartilhados por meio do site, de acordo com o próprio Page, o negócio se desdobra em várias outras frentes além da busca.

O presidente afirma que mais de 135 milhões de smartphones e tablets — feitos por fabricantes como Motorola e Samsung — foram ativados até o atual momento, e o navegador Chrome já contabiliza 160 milhões de downloads.

O Google+, porém, ainda parece ser a ideia mais desafiadora e desafiante do Google, por fazer frente ao líder dessa seara, o Facebook, e abranger uma gama de serviços em nuvem sustentada pela gigante californiana — o que pode ter feito os tais 1 bilhão de itens compartilhados serem apenas fruto do alinhamento automático das plataformas do Google.

“Nosso grande acerto foi conseguir propiciar um compartilhamento da internet com a vida real”, declarou Page. “Na vida real nós compartilhamos coisas diferentes com pessoas diferentes, por isso, foi uma referência para o Google + permitir que as pessoas categorizem seus relacionamentos em grupos e círculos de amizade distintos”.

Os resultados do último período refletem, de certa forma, a nova administração de Page à frente da companhia que ele ajudou a fundar e que agora emprega mais de 28 mil funcionários em quatro continentes e inclui tantas unidades de negócios. O presidente assumiu o posto no início do mês de abril deste ano.

(com Advertising Age)

Fonte: M&M

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s