Brasil é 14º em ranking de desenvolvimento

Lista da Anefac pareia 19 países-membros do G-20

Entre as 19 nações que compõem o G-20 (o 20º membro é a União Europeia), o Brasil está em 14º quando o assunto é desenvolvimento. Essa é a conclusão de um levantamento da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) divulgado nesta segunda-feira, 13.

O posto número 1 ficou com a Austrália, com 6,876 pontos, seguida pela Alemanha (6,633 pontos) e pela França (6,521 pontos). O Brasil (4,276 pontos) está atrás de países como Argentina (5,104 pontos), em 10º, e Arábia Saudita (4,500 pontos), em 13º. Mas, entre os BRICS — sigla em inglês para o grupo de emergentes que abrange Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul —, o País perde apenas para a Federação Russa, que, com 5,034 pontos, ocupa o 11º lugar.

Segundo opinião dos coordenadores da pesquisa, Gianni Ricciardi e Roberto Vertamatti, registrada pela Agência Estado, para o Brasil se transformar definitivamente em um país desenvolvido devem-se realizar ações consistentes na educação e na distribuição de renda, fatores em que o País teve desempenho negativo, puxando a colocação para baixo. No ranking do próprio G-20, que inclui a UE, o Brasil está em 15º — apesar do PIB de US$ 2,1 trilhões, o oitavo maior do mundo, a renda per capita de US$ 10,847 equivale a cerca de um terço da dos países desenvolvidos.

O único indicador que o Brasil lidera é o de “Sustentabilidade”, especialmente graças à baixa emissão de carbono e ao alto porcentual de território protegido contra o desmatamento (28%), segundo a Anefac.

No total, foram ranqueados: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia e Turquia. Esses países, mais a UE, são considerados as 19 maiores economias do planeta.

Não há notícia de ranking similar da Anefac em 2010. Mas, em novembro do ano passado, o Fórum Econômico Mundial classificou o País em 32º lugar na sua lista de desenvolvimento financeiro, que pareia 57 nações ao todo. À época, comemorou-se o fato de o Brasil ter avançado — em 2009, ficara no 34º posto. A avaliação da Anefac parte de nove quesitos, mais amplos, que apontam o desenvolvimento da economia e da população dos países (como saúde, educação e renda), com dados enviados pelos próprios governos à Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: M&M

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s