Fusões e aquisições movimentam o Cade em 2010

No ano, órgão julgou um total de 743 processos, avaliando as supostas irregularidades e situações anticoncorrenciais geradas pelas negociações

No ano de 2010, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) julgou 743 processos administrativos, que giravam em tornos de supostas irregularidades ou questões concorrenciais em segmentos do mercado.

O número, divulgado nesta quinta-feira 16 pelo órgão, indica um aumento de 38% nos julgamentos em relação ao ano passado. Durante todo o ano de 2010, o Cade recebeu 810 novos processos para julgar – um aumento de 47% em comparação com o ano anterior. Desse total, uma boa parte foi distribuída entre os conselheiros do órgão, para a avaliação.

Segundo o Cade, a maior parte dos processos envolvia casos de fusões e aquisições que poderiam ameaçar a concorrência do segmento envolvido. De acordo com o órgão, 640 processos eram relativos a supostas concentrações de mercado geração de situação anticoncorrencial. Destas fusões e aquisições, 573 foram aprovadas diretamente, sem restrições, 25 casos foram aprovados, mas as empresas envolvidas tiveram que seguir algumas determinações para a aprovação e somente um foi reprovado.

Os demais casos que não foram julgados (41 processos) ficaram parados no órgão por conta de desistência de uma das partes na conclusão do negócio. Cabem ao Cade o julgamento e o aval final de todos os grandes processos se compras e fusões d empresas na economia nacional.

Com informações da Agência Estado.

Fonte: M&M

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s