Comércio otimista para Dia das Crianças

Segundo a pesquisa realizada pela Alshop, a expectativa de crescimento nas vendas para a data é de 16,5% em comparação ao mesmo período do ano passado

Uma das principais datas do varejo nacional e um termômetro para as vendas de final de ano, o Dia das Crianças promete fazer não só a molecada feliz. Segundo a pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), a expectativa de crescimento nas vendas para a data é de 16,5% em comparação ao mesmo período do ano passado. Com tíquete médio estimado entre R$ 80 e R$ 120, os produtos que devem provocar o desempenho positivo vão desde as tradicionais bonecas para as meninas, e os carrinhos e jogos para meninos, até linha de vestuário, celulares, MP3 e acessórios tecnológicos.

“As crianças são ótimas geradoras de consumo para toda a família, e a data tende a reforçar ainda mais o poder de compra dos adultos, que fazem dos shoppings um verdadeiro paraíso de compras e lazer para seus pequenos familiares. Seja na aquisição de brinquedos diversos, ou na ida às áreas de lazer e lanchonetes, além de outras atividades preferidas das crianças nos empreendimentos”, analisa Nabil Sahyoun, presidente da Alshop.

Com base nos níveis crescentes de emprego, no crescimento da renda da população e na oferta de crédito, empresários varejistas também estão otimistas em relação ao crescimento. De acordo com a Pesquisa Serasa Experian de Perspectiva Empresarial para o Dia das Crianças 2010, 57% dos entrevistados acreditam no aumento do faturamento de seu negócio na data comercial. Este é o maior percentual de empresários otimistas desde o início da pesquisa, em 2005. No Dia das Crianças de 2009 esse percentual foi de 49%.

As grandes empresas estão liderando as opiniões positivas, com 76% de empresários otimistas. Nas médias empresas esse percentual foi 66%, enquanto que nas pequenas, 54%. Já na análise regional, o Nordeste se destaca. 72% dos varejistas da região acreditam que vão ampliar seu faturamento no Dia das Crianças deste ano em relação a 2009. Na sequência estão a região Norte (61%), Centro-Oeste (56%), Sudeste (55%) e Sul 50%. Os varejistas estimam ainda que 49% das vendas serão à vista e 51% a prazo. Em 2009, esta relação era de 52% à vista e 48% a prazo.

Os brinquedos continuam no topo da lista de desejos dos pequenos. Na opinião dos varejistas de todo o Brasil, 65% das vendas serão de brinquedos. Na sequência aparecem jogos eletrônicos (10%), celular (7%), aparelhos eletrônicos (5%), computadores e impressoras (4%), roupas sapatos e acessórios (3%), chocolates e doces (2%) e DVDs, CDs e livros (1%). Os percentuais se mantiveram equiparados aos do ano passado. A grande mudança foi o crescimento de 3% na projeção de vendas de computadores e impressoras.

A Pesquisa Serasa Experian de Expectativa Empresarial para o Dia das Crianças 2010 foi a campo no período de 8 a 15 de setembro, com 1.007 executivos do setor do comércio de todo o País. A pesquisa para as datas comemorativas do varejo começou a ser desenvolvida em 2005. Trata-se de um levantamento estatístico com uma amostra de empresas representativas do setor do comércio, dos portes pequeno, médio e grande, e das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Fonte: M&M

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s