Petrobras assina com F3 Sulamericana

Petrolífera investirá R$ 3 milhões via Lei de Incentivo para dar nome à categoria; marca ainda será a fornecedora de combustível e lubrificante

A Petrobras é a patrocinadora máster da temporada 2010 da Fórmula 3 Sulamericana, principal categoria de base do automobilismo na América do Sul. O contrato, viabilizado via Lei de Incentivo ao Esporte, tem valor de R$ 3 milhões e validade de 12 meses. Com o acordo, a categoria passa a se chamar Petrobras Fórmula 3 Sulamericana. A petrolífera brasileira também será a fornecedora oficial de combustível e lubrificante para todos os carros da competição. O contrato ainda prevê o desenvolvimento de eventos, ações promocionais e de marketing.

“Estamos muito satisfeitos em associar a marca Petrobras a uma categoria formadora de talentos, como é o caso da Fórmula 3, que concede, inclusive, ao seu campeão obter licença para pilotar um monoposto da Fórmula 1. Dessa forma, além de ajudar a fomentar o automobilismo dos países sulamericanos, estamos, também, procurando manter nossos jovens pilotos, nesse início de carreira, competindo dentro do seu próprio País”, diz Claudio Thompson, gerente de patrocínios esportivos da Petrobras.

Este foi o primeiro acordo viabilizado desde que a Comissão Técnica do Ministério do Esporte aprovou em novembro de 2009 um projeto para a captação de até R$ 7 milhões via renúncia fiscal por meio da Lei de Incentivo ao Esporte (Lei nº 11.438/06). A 63MKT, empresa organizadora da competição, ainda negocia com outros patrocinadores a captação da verba restante.

Além do patrocinador máster, a 63MKT fechou com dois patrocinadores para a etapa inaugural da temporada 2010, marcada para 15 e 16 de maio, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília. A operadora Oi e a rede Fujioka terão área VIP e desenvolverão outras ações de relacionamento no autódromo. A prova fará parte das comemorações do cinqüentenário de Brasília, e terá do show da banda norte-americana Living Colour.

O calendário 2010 prevê a realização 24 corridas, seis a mais que no ano passado. Outra novidade é a estreia da Fórmula Universitária. A categoria reunirá equipes formadas por instituições de ensino de todo o país, que disputarão um campeonato dividido em 15 corridas ao longo do ano. As provas servirão como preliminar da Fórmula 3 Sulamericana nos circuitos brasileiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s